Sorriso aberto: CEO inicia serviços de próteses, beneficiando santa-ritenses

 Sorriso largo, auto estima elevada, saúde bucal em dia – esse mix de emoções acompanhou a aposentada Maria das Neves da Silva na manhã desta sexta-feira (18), durante a prova de moldagem de sua nova prótese. Ela é uma das sessenta pessoas beneficiadas com o novo serviço oferecido pelo Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) de Santa Rita, iniciado em janeiro.

 
“A prótese antiga estava muito desgastada e tinha provado um machucado na minha boca, então fiquei muito feliz quando me ligaram hoje perguntando se eu queria colocar uma prótese nova. E eu respondi: ‘claro que sim!’”, revela Maria, que chegou ao CEO encaminhada pelo odontólogo da Unidade de Saúde da Família.
 
“Eu sabia que precisava de uma nova prótese, mas não estava em condições de fazer a troca, então ele (o odontólogo) me informo sobre este novo serviço e fez o encaminhamento”, lembra Maria, que deve voltar próxima sexta-feira já para receber sua prótese.“Eu estava com vergonha de sorrir”, diz, emocionada.
 
A servidora pública Tereza Cristina Pacheco dos Santos Alves também estava com a autoestima abalada pela falta de dentição. Durante uma cirurgia bucal, em que precisou fazer extrações, descobriu o serviço inédito oferecido pelo CEO. Ela recebeu sua nova prótese hoje.
 
“O que está acontecendo aqui é uma coisa nunca vista em nosso município”, garante Tereza, que assegura: “Aqui não tem privilégio e as pessoas estão sendo acolhidas”, diz. E acrescenta: “Chega de sorrir escondendo a boca”.
 
Voltando a sorrir:
O novo serviço do CEO começou a ser planejado no segundo semestre do ano passado, quando seu coordenador geral, José Bezerra de Souza, conseguiu credenciar o serviço de próteses junto ao Ministério da Saúde.
 
Com o aval federal, abriu licitação para contratar laboratório. O contrato em vigor, que começou a atender os pacientes santa-ritenses em janeiro, pode beneficiar mais de 1.600 pessoas este ano.
 
“A nossa média mensal tem sido de 60 pacientes”, informa José Bezerra, revelando que boa parte das próteses é bancada com recursos próprios do município.
 
“Os recursos do Sistema Único de Saúde (SUS) não cobrem o total dos custos, mas o município vem garantindo o fornecimento das próteses”, acrescentou o coordenador, que garante: “As peças são de excelente qualidade”.
Ele informou que são produzidos dois tipos de próteses: a parcial, para quem tem falhas dentárias, e a total, para quem teve perda total dos dentes.
 
O tipo de prótese é definido em triagens com uma especialista, que tem o primeiro contato com os pacientes. O atendimento acontece sempre às quartas-feiras pela manhã.
 
Depois da triagem, os pacientes são submetidos a moldagem, na sequência a prova e, por fim, a entrega da prótese.
“Estamos aqui renovando o sorriso da população e expandindo o leque de atuação do CEO”, finaliza José Bezerra.
 
Além do novo serviço de próteses, o Centro de Especialidades Odontológicas realiza procedimentos de endodontia, cirurgias buco-maxilo, periodontia e odontopediatria.
 
Secom-Santa Rita

Postar um comentário

0 Comentários